Soluções customizadas em Gestão Estratégica de Desempenho. Mais de 30 anos de especialização na formação e desenvolvimento de líderes e gestores. Mais de 5.000 líderes treinados.
Notícias
   
Como Exercer Uma Liderança Com Excelência?
NOVO PRODUTO: "FEEDBACK CONSTRUTIVISTA"
Motivação
Motivação - Profissionais motivados, empresas desenvolvidas
Liderando as Novas Gerações em Todas as Áreas da Economia
A Visão antes do Planejamento
A importância de valores organizacionais bem definidos
Liderando as Novas Gerações
Conflito de gerações
Workshop Sensibilização para Excelência
Papel da Comunicação na Liderança
Como Liderar a Geração Y
Como Liderar Equipes
Como Liderar na Crise
Liderança
Motivação de Pessoas
Votorantim Cimentos reconhece talentos com o Programa "Fast Track"
Os gurus do management
Liderança será tema do próximo encontro da Tailor Made Consulting
Tailor Made realiza palestra sobre tendências de RH para o futuro
Equipes de Alta Performance

        A importância de valores organizacionais bem definidos


É fato que se um ambiente está em harmonia de valores e objetivos, o trabalho flui. Em um mundo ideal, as pessoas deveriam se identificar com a empresa em que trabalham e com os profissionais que a lideram. Competências comportamentais e habilidades podem ser desenvolvidas, já valores e princípios, não.

“O que acontece é que as organizações gastam pouquíssimo tempo definindo quais são seus valores. Elas deveriam defini-los e acreditar fortemente neles. Esse é o primeiro passo. O segundo é ter um processo de atração de pessoas que estejam em sintonia com esses valores. Existem empresas que tem como valor institucional a competitividade interna (e não vamos colocar em juízo se isso é certo ou errado). Então eles precisam atrair pessoas que tenham a competitividade como valor pessoal. Pois uma pessoa não consegue desenvolver essa característica”, explica Carlos Alberto Simões Barreiro, diretor executivo da Tailor Made Consulting.

Barreiro ainda diz que não ter esses valores organizacionais bem definidos gera outro problema: “temos uma estatística que diz que mais de 90% das pessoas que são demitidas nas empresas, são afastadas por comportamento, e não por conhecimento. Então temos um problema. Esse problema, pelo que a gente enxerga do mercado, não está sendo tratado”, alega. Marlene concorda com Barreiro, e entende que a relação empresa/funcionário deveria se igual relação marido e mulher: “se não tiver identificação, tudo se torna desprazer”, diz ela.

Tendo observado isso, fica difícil definir quais características pessoais tornam um profissional atrativo para o mercado de trabalho, pois elas devem variar muito de acordo com o estilo da empresa. Porém, existem algumas competências básicas a quais todos os profissionais devem se atentar: “As empresas precisam buscar profissionais que queiram aprender continuamente, pois essa é uma das grandes características das pessoas que atingem excelência. E que elas sejam pessoas positivas, com atitudes otimistas. As pessoas precisam saber se relacionar, deixar de ser individualistas, buscar equilíbrio e procurar ser sinérgicas”, cita Barreiro

O primeiro passo para se desenvolver uma competência ou habilidade é ter a consciência dos seus pontos fracos, das suas limitações, e para isso é necessário autoconhecimento. “É como uma consulta médica: se você sabe onde dói e o que o incomoda, o médico poderá agir mais rapidamente no alívio da dor e proporcionar qualidade de vida, mas se você não estabelece um contato com o seu corpo e não consegue identificar por si mesmo o que está incomodando ou onde está doendo, o diagnóstico pode chegar mais tardiamente e o que poderia levar pouco tempo para ser resolvido, certamente demandará mais tempo e maior quantidade de energia gasta”, finaliza.

artigo publicado no site http://www.catho.com.br/jcs/inputer_view.phtml?id=11168

Retornar

 

R. Arandú, 205 – cj 603 – Brooklin – Cep 04562-050 - São Paulo – SP
Fone: 11 9 8586 3479  –  11 5506 8053   
tmc@tailormadeconsulting.com.br


Site desenvolvido por Código Tecnologia